quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

move-te.... segue menina...

tenho todas as razões, para dar o passo, nas minhas mãos e ninguém pode faze-lo sem ser eu, mas ainda assim, sou incapaz e até gostava que alguém, quem sabe o fizesse por mim e sentisse a dor por mim!
estou de uma maneira a me desvalorizar de uma maneira impensável, quando invento outras razões para tentar manter algo que não tem solução. É algo que me vai magoando, como se de uma corda se trata-se, me apertando os pulsos e eu conscientemente continuo a apertar a corda.
não se trata mais de amor, porque amor é algo sereno e tranquilo. Paixão é dor, mas nem sei se será até a designação para o turbilhão de sentimentos que se alojam no meu coração e na minha cabeça.
queria ter a sorte de ter um amor tranquilo...

Sem comentários:

Enviar um comentário